Tira-dúvidas / Direitos do Paciente

Redação IVOC

Publicado em 27/07/2016

Revisado em 08/04/2021

Preciso dizer em uma entrevista de emprego que tenho câncer?

Sou obrigada a contar em entrevistas de emprego e processos seletivos que estou em tratamento oncológico para câncer de mama metastático? Ou tenho o direito de me resguardar e preservar minha identidade? 

A paciente não é obrigada a divulgar sua condição de saúde, tampouco no processo seletivo. A privacidade é um direito constitucional. Seus efeitos são projetados para as relações de trabalho e deve, portanto, ser respeitada pelo empregador.

Para o Ministério Público do Trabalho, órgão responsável por defender e fiscalizar as relações de trabalho, o sigilo da condição de saúde e/ou diagnóstico é uma garantia da relação médico-paciente, e a exposição da intimidade do trabalhador pode servir para fins abusivos e discriminatórios. Portanto, ainda que haja disposição em contrário, como por exemplo em convenções trabalhistas, o paciente NÃO é obrigado a divulgar sua condição de saúde e/ou diagnóstico.

Tanto o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) quanto o Tribunal Superior do Trabalho (TST), instituições responsáveis por analisar e julgar conflitos de interesse entre empregador e empregado, apresentam entendimento majoritário sobre o direito ao sigilo da condição de saúde e/ou diagnóstico do indivíduo.

Consultoria: Claudineia Jonhsson, advogada especialista em direitos do paciente oncológico.