Dia a Dia do Paciente / Efeitos Colaterais

Juliana Conte

Publicado em 23/12/2014

Revisado em 08/03/2017

Ceia de Natal para pacientes oncológicos

Quando o assunto são festas de final de ano, pacientes em quimioterapia e radioterapia precisam prestar atenção no que consomem.
De acordo com Robson Moura, presidente da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral e da Sociedade Brasileira de Cancerologia, não há proibições quanto à alimentação. A orientação é somente evitar alimentos gordurosos, pois eles podem potencializar efeitos indesejados da químio, como náuseas, enjoos e diarreia.

Leia também: dicas essenciais para a alimentação de quem está em tratamento.

”Os alimentos muito gordurosos, como rabanada, coxa de frango com pele, carne vermelha, além dos embutidos, dependendo do paciente, podem causar mal-estar. Por isso, opte por porções reduzidas e coma em intervalos pequenos. Comece com as saladas, queijo branco, nozes, castanhas e frutas”, diz ele.

Em relação às carnes, opte por carnes magras, como frango, e se possível, grelhadas. Se for comer peru, prefira a parte do peito e retire a pele. Asse com uma pouca quantidade de óleo. Lombo suíno também pode ser uma boa pedida, mas ele deve ser assado. “Hoje, a carne de porco tem menos gordura que a carne de boi, pois são animais criados em cativeiro. Além disso, pacientes em quimioterapia criam um pouco de aversão a carne vermelha, não conseguem comer. Por isso, é bom evitar”, completa.

Em relação ao consumo de bebidas, prefira sucos naturais ao invés de refrigerantes e fuja das bebidas alcóolicas, pois o álcool pode piorar as lesões na boca (mucosites) e dificultar a cicatrização. “Também pode haver efeitos colaterais indesejáveis, como náuseas”, diz Moura.

Dica importante: se for passar o Natal ou o Ano Novo em algum restaurante, certifique-se de que seja confiável e não consuma alimentos crus.

Para os que forem passar as festas em casa, separamos duas receitas leves e saudáveis que podem ser incluídas no cardápio*:

Salada de Frango

  • 100 g de peito de frango
  • 1 pé de alface americana
  • 2 colheres de chá (cheias) de cebola picada
  • 1 colher de sopa (cheia) de pimentão vermelho picado
  • 1 colher de café de azeite
  • 10 gotas de limão
  • 1 colher de café de salsa e cebolinha
  • Sal a gosto

Modo de preparo: Higienize o alface, a salsinha, a cebolinha e o limão. Lave bem o pedaço de frango e passe limão e sal. Cozinhe em água com metade da cebola. Deixe a água secar um pouco. Reserve o frango e deixe esfriar. Depois de frio, resfrie o frango e reserve. Faça um molho batendo bem a cebola picada, com o azeite, o pimentão, a salsa e a cebolinha, um pouquinho de água e sal. Misture o molho com o frango. Distribua o alface ao redor de uma travessa, coloque o frango no centro e sirva.

Filé de peixe com requeijão

  • 1 kg de filé de pescada
  • 1 xícara de (chá) de molho de tomate
  • Suco de 2 limões
  • 1 xícara de chá de requeijão light
  • Queijo parmesão ralado grosso
  • Sal a gosto

Modo de preparo: Tempere o peixe com sal e limão. Arrume-os numa travessa refratária e regue com molho de tomate e requeijão. Polvilhe com o parmesão. Leve ao forno por aproximadamente 30 minutos ou até que esteja gratinado.

(*) receitas extraídas do livro Comida que Cuida, editado pela Sanofi Aventis.