Dia a Dia do Paciente / Efeitos Colaterais

Redação IVOC

Publicado em 23/10/2014

Revisado em 24/09/2019

Pacientes em químio precisam ter cuidado com o que comem

O tratamento quimioterápico prejudica a multiplicação dos glóbulos brancos, que são responsáveis pela defesa do nosso organismo contra infecções.

Quando o sistema imunológico (glóbulos brancos) diminui, o organismo torna-se menos eficiente na luta contra bactérias que podem desenvolver-se em alimentos inadequadamente manipulados. As doenças de origem alimentar são evitáveis quando o alimento é armazenado, preparado e servido de maneira adequada. Algumas diretrizes a seguir podem ajudá-lo a diminuir o risco de contaminação.

 Redobre o cuidado higiênico-sanitário ao preparar as refeições!

  • As carnes devem ser bem cozidas (bem passadas) para que não reste nenhuma parte crua ou rosada;
  • Descongele as carnes vermelhas, peixes ou aves na geladeira ou no micro-ondas;
  • Não deixe alimentos perecíveis fora da geladeira por mais de duas horas;
  • Alimentos com ovos, cremes ou à base de maionese não devem permanecer fora da geladeira por mais de uma hora;
  • Divida grandes quantidades de alimentos em pequenas porções e guarde-as em potes rasos. Deixe na geladeira somente o alimento que for consumir nos próximos dois ou três dias. Congele o restante;
  • Lave exaustivamente as frutas e vegetais em água corrente, descasque-as ou corte-as. Retire as áreas “machucadas” e estragadas dos vegetais;
  • Lave a embalagem dos alimentos antes de abri-los;
  • Não use o talher usado no preparo do alimento para experimentá-lo;
  • Não prove alimentos com cheiro azedo ou estragado;
  • Cozinhe os ovos até a clara estar completamente dura e a gema espessa.

Cuidados ao comprar alimentos:

  • Cheque a data de fabricação e validade do produto, principalmente de carnes, ovos e peixes;
  • Observe o odor e a presença de insetos ou corpos estranhos nas embalagens danificadas e estufadas;
  • Selecione os vegetais e frutas mais frescas, sem pedaços amassados;
  • Evite salgadinhos e sobremesas não refrigeradas;
  • Evite estocar alimentos por longo tempo.

 Evite:

  • Ovos crus ou preparações que usem ovos mal cozidos;
  • Produtos não pasteurizados: queijos, iogurte, mel, leite e derivados;
  • Maionese ou cremes que permaneçam fora da refrigeração por muito tempo;
  • Água de origem não confiável;
  • Produtos de fabricação caseira de origem pouco conhecida;
  • Carnes cruas ou defumadas e frutos do mar.