Tira-dúvidas / Tira-dúvidas

Redação IVOC

Publicado em 14/06/2016

Revisado em 11/06/2019

Linfoma folicular não-Hodgkin é curável?

Olá, me chamo Zenilda Zanardini, tenho 45 anos e fui diagnosticada com linfoma folicular não-Hodgkin, indolente. Fiz seis sessões de quimioterapia e agora estou bem. Porém, meu oncologista me disse que não tem cura. É verdade? Ele realmente não tem cura? Como é feito o controle?

Esse subtipo de linfoma de fato não é considerado curável. Falamos em controle que, pode ser conseguido por muitos e muitos anos em vários casos. O controle após o tratamento é feito com avaliações médicas, laboratoriais e às vezes com exames de imagem periódicos. A doença pode ficar “dormente” por um bom tempo após a quimioterapia. Em caso de recidiva da doença, novas sessões de quimioterapia podem ser necessárias para ganhar novo controle.

Phillip Scheinberg: Chefe de hematologia clínica da Beneficência Portuguesa de São Paulo.