noticias-melanoma / noticias-melanoma

4press

Publicado em 16/01/2017

Revisado em 04/12/2019

Anvisa aprova mais um medicamento para tratamento do melanoma

melanoma pinta

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou​no dia 12 de dezembro de 2016 o ​ registro e comercialização​ ​d​a medicação ​​Trametinibe para o tratamento de pacientes com melanoma metastático ou irressecável com mutação no gene BRAF. O medicamento é de uso oral e deverá ser combinado com Debrafenibe, aprovado em janeiro do ano passado.

O câncer de pele é o mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

O melanoma é o tipo menos frequente, mas é o mais agressivo. Se for diagnosticado precocemente tem bom prognóstico. No entanto, no estágio avançado pode ter metástase, afetando outros órgãos. Aproximadamente 50% dos casos de melanoma apresentam mutação no gene BRAF, o que pode aumentar a proliferação e sobrevivência das células cancerígenas.

​Verificou-se através de estudos que Trametinibe quando usado em combinação com Debrafenibe potencializa a capacidade de inibição de proliferação dessas células. Estudos mostraram​ também que o uso dos dois medicamentos juntos aumentou a sobrevida e a qualidade de vida de 2/3 dos pacientes com melanoma metastático ou irressecáve​l​​ com a mutação no gene BRAF.