Tipos de câncer / Câncer de endométrio



Dr. Fernando Maluf.

Dr. Fernando Maluf

Dr. Fernando Maluf é Doutor em Ciências/Doutorado em Urologia pela FMUSP, membro associado do American Cancer Society e Diretor do Serviço de Oncologia Clínica do Hospital BP Mirante de São Paulo. Foi Chefe do Programa de Residência Médica em Oncologia Clínica e membro integrante do Centro de Oncologia do Hospital Sírio Libanês. É autor de artigos científicos e de mais de uma dezena livros publicados no Brasil e no exterior, além de Professor Livre Docente pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Câncer de endométrio | Recaída

Algumas características do tumor permitem avaliar sua agressividade e o risco de retorno da doença, tanto no local do útero removido como em outras áreas da pelve e do abdômen.

Características que permitem avaliar a evolução do câncer de endométrio ainda restrito ao útero.

Características que permitem avaliar a evolução do câncer de endométrio ainda restrito ao útero.

Grau de diferenciação

O grau de diferenciação da célula maligna depende de quanto ela é parecida ou diferente da célula do tecido normal. Quando é bem semelhante às normais, o tumor é chamado de bem diferenciado, ou grau histológico 1. À medida que as células do tumor vão ficando mais distintas das normais, o grau pode se tornar 2 (moderadamente diferenciado) ou 3 (mal diferenciado ou indiferenciado). A agressividade aumenta conforme o grau. [relacionados]

Invasão na parede do útero

Quanto mais profundamente o tumor invadir a parede do útero, maior será o risco de encontrar vasos sanguíneos e linfáticos. Por essa razão, um dos critérios para escolher o tratamento mais adequado é analisar esse aspecto, através do exame anatomopatológico do tumor removido (peça operatória). Por outro lado, tumores restritos à mucosa do endométrio ou à superfície interna do miométrio têm maior chance de cura e menor necessidade de tratamentos adicionais.

Invasão dos vasos

A presença de células malignas no interior dos vasos sanguíneos e linfáticos agrava o quadro.

Tipo histológico

Como citado anteriormente, o carcinoma endometrioide costuma ser tratado com mais facilidade, ao contrário dos carcinomas seroso-papilífero ou de células claras e dos sarcomas. Esses tumores, mais raros, precisam ser tratados com mais agressividade.

Níveis do marcador tumoral CA125

O CA125 é uma proteína que circula no sangue de todos nós. Alguns tumores malignos, como os de ovário e de endométrio, liberam quantidades exageradas de CA125. Essa característica permite usar a dosagem do CA125 como “marcador” da atividade tumoral: quanto mais altos forem seus índices, maior o número de células malignas.