Tipos de câncer / Câncer de fígado



Câncer de fígado | Diagnóstico

Apesar de não estar entre as neoplasias mais prevalentes no país, é importante ficar atento, pois quanto mais cedo os médicos conseguirem o diagnóstico, melhor.

Os principais exames para visualizar lesões de fígado são a ultrassonografia, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética do abdome. Outro exame útil é a dosagem da alfafetoproteína (AFP), proteína liberada no sangue pela maioria dos tumores hepáticos de natureza maligna. Entretanto, cabe ressaltar que outras condições além de tumores hepáticos podem levar à alteração deste exame, incluindo por exemplo a gestação, portanto o resultado deve sempre ser analisado em conjunto com a avaliação clínica de cada caso.

O diagnóstico habitualmente envolve a realização de uma biópsia hepática ou de algum outro órgão suspeito de disseminação à distância, porém quando o quadro clínico em associação aos exames de imagem são altamente indicativos de câncer de fígado e a dosagem de AFP for maior ou igual a 400 ng/ml, o diagnóstico de câncer de fígado pode ser estabelecido sem a necessidade de uma biópsia.

 


Atualização: Dr. Ricardo Carvalho – CRM: 132.389
Oncologista Clínico na BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo
Apoio: Dr. Daniel Vargas Pivato de Almeida – CRM: DF 27574
Oncologista Clínico no Grupo Oncoclínicas, Brasília-DF
Fevereiro 2022