Tipos de câncer / Câncer de esôfago



Câncer de esôfago | Fatores de risco

Os fatores de risco mais comumente associados ao câncer de esôfago são:

Vencer o cancer.indb

Fatores de risco que levam ao aparecimento do câncer de esôfago.

  • Fumo

É talvez a causa mais importante desse tipo de câncer; o tipo de fumo (cigarro, charuto ou cachimbo) não interfere no risco. Os fumantes correm um risco de 44 vezes maior do que os não fumantes.

  • Álcool

É um dos principais fatores de risco associados ao câncer de esôfago do tipo carcinoma escamoso. A combinação de tabagismo com álcool torna o risco ainda maior do que se considerássemos cada um desses fatores isoladamente.

Os etilistas sofrem um risco de desenvolver câncer de esôfago 18 vezes maior do que a população não etilista. Entre os portadores de câncer epidermoide de esôfago, mais de 95% são fumantes ou etilistas e quase 90% fumam e também consomem álcool. [relacionados]

  • Esôfago de Barrett

O esôfago de Barrett é uma alteração progressiva e lenta na forma das células que revestem a parte inferior do esôfago, causada por refluxo gastroesofágico.

O contato com essas secreções faz com que as células escamosas do esôfago sejam substituídas por células glandulares, mais resistentes ao meio ácido. Essa alteração da camada de revestimento do esôfago constitui uma lesão pré-maligna que aumenta de 30 a 100 vezes o risco de câncer, em particular, da parte inferior do órgão. O esôfago de Barrett é encontrado principalmente em pessoas obesas com história de refluxo gastroesofágico de longa duração.

  • Esofagite de refluxo

É responsável por parte de um dos tipos mais comuns de câncer esofágico, o adenocarcinoma. A esofagite de refluxo representa um fator de risco mesmo quando não está associada ao esôfago de Barrett.

  • Dieta

Alguns estudos sugerem que dietas pobres em frutas, vegetais, minerais e vitaminas, como riboflavina e vitaminas A e C, estejam associadas a maior incidência. Alimentos que contêm fungos, entre eles o que estão presentes no picles e no milho, aumentam o risco. Existe suspeita de que o hábito de ingerir líquidos muito quentes possa aumentar o risco do carcinoma epidermoide do esôfago.

  • Outros fatores de risco

Além do esôfago de Barrett e da obesidade, outras doenças predispoem ao aparecimento do câncer esofágico: o megaesôfago, causado principalmente por doença de Chagas, no Brasil, a estenose (estreitamento) do esôfago, causada pela ingestão acidental de agentes corrosivos como a soda cáustica e, principalmente, história prévia de câncer do tipo epidermoide na região da cabeça e do pescoço.