back to top

ASCO 2022 “trouxe uma mensagem positiva para pacientes com câncer”.

spot_img

 

Com essas palavras Maria Alzira Rocha, oncologista assistente no Hospital Israelita Albert Einstein, define a percepção que teve da ASCO 2022.

O Encontro Anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO Meeting 2022), realizado entre os dias 3 e 7 de junho de 2022, em Chicago – EUA – apresentou inúmeras novidades para o tratamento do câncer.

O Instituto Vencer o Câncer traz alguns dos principais destaques, selecionados por médicos parceiros e pelo nosso Comitê Científico.

Para o câncer de rim, houve dois estudos correlacionando melhores desfechos oncológicos à intensidade de resposta em exames de imagem e também à melhora de qualidade de vida quando em uso de imunoterapia. “O primeiro deles analisou pacientes em uso de imunoterapia e outra medicação oral, que são pilares no tratamento atual para câncer de rim metastático. Este trabalho levantou a reflexão que estes tratamentos atuais também podem triar os pacientes com melhor perfil de resposta, guiando escolhas de tratamento diferentes na prática clínica. O segundo estudo, que incluiu pacientes em uso de dois imunoterápicos, levantou a discussão sobre a importância de qualidade de vida e poucos efeitos colaterais na aderência ao tratamento, o que implica em melhores resultados no decorrer do tempo”, destaca.

“Em câncer de bexiga, um destaque foi a avaliação de melhores resultados ao tratamento com um tipo especifico de quimioterapia pré-operatória em pacientes com alterações genéticas especificas. Como estes testes são disponíveis para uso clínico, o estudo trouxe a reflexão sobre a necessidade desta análise pré-quimioterapia, pois quanto menos doença restar no momento cirurgia, maiores são as chances de cura dos pacientes”.

“Estes foram alguns dos trabalhos que acredito serem uma mensagem positiva para os pacientes, e para a população em geral, sobre os avanços e os melhores tratamentos que a Oncologia consegue oferecer a todos que precisam dos nossos cuidados”, finaliza Maria Alzira Rocha.

spot_img

Posts Relacionados

Posts populares no site

spot_img

Posts Populares na categoria