Tipos de câncer / Câncer de estômago



Câncer de estômago | Recaída

As principais características do tumor que permitem avaliar sua agressividade e o risco de recidiva são:

Grau de diferenciação

Por meio de biópsia (peça operatória), o patologista analisa no microscópio as características da célula maligna. Quanto mais parecida com a célula normal ela for, consideramos o tumor mais diferenciado (grau 1). Por outro lado, quanto mais distorcida for sua arquitetura, mais indiferenciado (grau 3) será o tumor. Tumores mais diferenciados costumam crescer mais lentamente e apresentar menor risco de recidiva.

[relacionados]

Invasão dos vasos sanguíneos

Quando existe invasão dos vasos sanguíneos que nutrem o tumor, o risco de disseminação, no futuro, aumenta.

Profundidade da invasão

Tumores que invadem superficialmente a mucosa têm grande chance de cura. À medida que a invasão progride, o risco de recidiva aumenta.

Margens cirúrgicas

Quando o tumor é removido, mas persistem células malignas na borda da peça operatória, existe maior risco de retorno da doença no local e de disseminação futura.

Invasão dos linfonodos ao redor do estômago

O comprometimento de linfonodos próximos do órgão diminui a probabilidade de cura.

Na tabela abaixo estão resumidas as características favoráveis e desfavoráveis do tumor primário:

cap25-tab2-jpg-700px

Características importantes para o risco de recidiva do câncer de estômago localizado.